Jejum intermitente: é saudável? Saiba tudo sobre essa prática!

| | ,

Se você está tentando emagrecer, provavelmente já ouviu falar do jejum intermitente. Essa dieta restritiva está ganhando cada vez mais espaço nas mídias e tem prometido grandes resultados para quem busca emagrecimento.

Ela consiste em ficar longos períodos, de até 24h (ou o tanto que seu corpo suportar) sem comer nada. Isso mesmo, sem ingerir nada!

Muitas celebridades e influenciadores digitais têm seguido essa dieta, o que tem gerado discussões se é seguro ou não ficar tanto tempo sem comer, afinal, crescemos ouvindo que, para termos uma alimentação saudável, precisamos comer de 3 em 3 horas.

Entretanto, estudos recentes apontam que comer menos (ou fazer dieta de restrição calórica) diminui os riscos de doenças e controla a compulsão alimentar – entre muitos outros benefícios.

Mas será que essa prática é saudável? Se você ainda está curiosa para saber mais sobre essa dieta, separamos um conteúdo completo para você entender um pouco mais sobre e tirar suas dúvidas!

O que é o Jejum intermitente: entenda melhor!

Já pensou em ficar 15h, 18h, até 24h sem comer nada? Parece loucura né, mas é isso que uma pessoa que adere ao jejum intermitente faz. Essa dieta funciona da seguinte maneira: você come por um período longo, e depois passa horas sem ingerir nada. Com isso seu corpo irá utilizar as calorias adquiridas antes do jejum e queimá-las enquanto seu corpo não recebe mais alimentos.

Para entender melhor, vamos imaginar que nosso corpo é um celular. Quando estamos sem bateria, conectamos o celular na tomada até que o mesmo recarregue, e então utilizamos aquela carga durante o dia, até que ela acabe e necessite de mais carga, certo?

Durante a dieta do JI é a mesma coisa, damos carga para nosso corpo por meio dos alimentos e depois ficamos sem comer para utilizar as calorias ingeridas.

Essa dieta é saudável?

Como qualquer outra dieta, é preciso conhecer seu corpo e suas necessidades antes de fazer o JI.

Segundo a Dra Lilian Sant’ana, coordenadora de nutrição clínica do Hospital do Coração, cada pessoa tem suas necessidades, sua carga de energia, entre outras particularidades. Ou seja, dependendo do seu organismo, o que era pra ser bom pode se tornar um pesadelo.

É importante consultar um nutricionista antes de fazer qualquer dieta!

Posso malhar durante o período em jejum?

JAMAIS! Quando vamos fazer alguma atividade física, seja ela em academia, ao ar livre ou em casa – inclusive temos um post explicando como fazer agachamentos de forma correta, que vale a pena conferir –, nosso corpo precisa de energias extras.

Quando ignoramos essa necessidade, estamos sujeitos a ter uma queda de açúcar muito grande e com isso ter uma série de mal-estar, como tontura, fraqueza, dor de cabeça e até desmaios.

Beber água ou chás quebra o jejum?

Não, os líquidos como chás, café e água não quebram o jejum. O objetivo do jejum é restringir sua alimentação ao consumo de calorias por maior tempo possível, mas ainda assim você consumir esses líquidos sem pesar na consciência.

ATENÇÃO: você pode beber chás e café desde que não coloque calorias neles, ou seja, sem adicionar açúcar.

Quais alimentos eu devo comer antes de iniciar o JI?

É comum surgir a dúvida do que comer antes de não comer mais nada, e muitas pessoas cometem o equívoco de comer muito carboidrato na sua última refeição para ter mais “energia”. Porém, esse hábito não é indicado.

O ideal é que pelo menos na sua última refeição adote uma opção low carb ou cetogênica, para seu corpo ter uma diminuição de insulina e assim aproveitar mais os benefícios da dieta.

Fiquei várias horas sem comer, e agora?

Após ficar um longo período sem comer, não podemos simplesmente fazer uma refeição normal, cheia de carboidratos e proteínas.

No momento que acabar o jejum, seu organismo estará sensibilizado, então é importante preparar seu corpo para finalmente comer, ingerindo bebidas isotônicas, por exemplo.

Após essa preparação, você pode finalmente quebrar o jejum ingerindo uma proteína magra, como um salmão ou frango grelhado.

IMPORTANTE: não consuma gorduras, glúten, laticínios, ou vegetais porque eles podem agredir seu estômago.

O jejum intermitente emagrece mesmo?

Como já falamos anteriormente, cada organismo é diferente de pessoa para pessoa. Alguns estudos apontam que é possível perder de 5 a 8% de gordura corporal em um período de 12 a 24 semanas.

Mas esses resultados podem variar muito, e algumas pessoas não conseguem nem chegar perto disso. Por isso é importante fazer uma consulta médica antes, para entender o que você realmente precisa, se é adequado a sua rotina diária.

Comer de 3 em 3 horas não funciona?

Essa dúvida é muito recorrente para quem está adotando uma vida saudável e provavelmente tem sua dieta baseada em comer de 3 em 3 horas. Mas a resposta é: sim, funciona!

Desde que você tenha um cardápio balanceado, com frutas e alimentos de baixas calorias. Associando tudo isso à atividade física, terá resultados ainda melhores. Tudo vai depender do seu foco e de como conhece seu corpo.

Agora deu para entender melhor sobre essa dieta tão radical, né? Quando conhecemos nosso corpo e temos focos, as chances da dieta e os exercícios trazerem resultados são ainda maiores. Aliás, você já conferiu nosso post sobre os tipos de musculação? Leia esse conteúdo e navegue no nosso blog para ver o que preparamos para você!

Até a próxima!

Anterior

Tudo o que você precisa saber sobre como ganhar massa muscular em casa

Roupa para pilates: veja o que usar e não erre no look!

Próximo

Deixe um comentário