Descubra como usar body para treinar!

| |

Quem gosta de se vestir bem com roupas fitness já sabe que aprender como usar o body é algo indispensável para ampliar o horizonte de combinações possíveis.

Conhecer combinações de roupas é sempre a melhor estratégia para quem quer acertar em todos os looks. Seja na academia ou em um ambiente mais casual, ter noção do que usar e o que harmonizar com cada peça é fundamental.

Pensar visuais para a academia pode ser um pouco confuso para muita gente, pois é um ambiente híbrido, ou seja, que mistura casualidade e funcionalidade. Logo, qualquer combinação de roupas para esse ambiente precisa atender às duas demandas.

Dentre os diversos elementos que podem ser empregados para criar um look bem confortável e bonito com certeza está o famoso body. Esta peça super aconchegante e versátil também faz parte da lista de itens essenciais para a academia. 

Trata-se de um modelo de roupa que é atrativo por ser, ao mesmo tempo, bem confortável e fresquinho. Não é à toa que é comum o seu uso pelas bailarinas, por exemplo. Assim, a movimentação do corpo acaba sendo privilegiada.

Como a academia implica um intenso trabalho do corpo, o modelo de body sem mangas é mais apropriado para garantir que a transpiração ocorra da maneira mais eficiente e cômoda. Por isso, tudo o que falarmos aqui vai ser pensando mais neste modelo.

Preparamos um compilado com informações vitais para você aprender algumas ideias super interessantes de como empregar o body no outfit da academia. Acompanhe com a gente para ficar sempre estilosa na academia.

Como fazer sua escolha: o body ideal para você.

Naturalmente, há uma grande variedade de modelos de body. É aconselhável que você faça uma boa pesquisa, sempre tendo em vista aquele que melhor se adapta e dá destaque às curvas do seu corpo.

Claro, não é apenas o critério estético que deve guiar a sua escolha. Também é indispensável garantir que o body contribua para elevar ao máximo a sua performance durante o exercício físico.

A hora da escolha também é um momento em que devemos dar atenção para o tamanho do body. Se você usar um modelo muito pequeno vai acabar sentindo pequenas dificuldades de movimento durante o treino. 

Já um modelo grande demais vai te deixar o tempo todo com aquela sensação de algo fora do lugar, que faz as pessoas ficarem se ajeitando a todo momento. Esse é uma sensação muito chata na academia, então, lembre-se de se atentar.

Como estamos falando de uma peça coringa, vale a pena você conferir com rigor todas as medidas do seu corpo para garantir que a peça seja perfeita. Optar pelos modelos de mangas curtas e pelos chamados “cavados” é uma ótima escolha para garantir agilidade.

Os bodies com mangas longas podem servir melhor em dias com temperaturas mais baixas. Dá até para combiná-lo com estampas das mais diversas cores e padrões para criar uma harmonia super legal entre as peças.

Como geralmente acontece, usar estampas pode ser uma bênção ou uma maldição, por isso tenha muita paciência e um olhar detalhado para escolher as peças que completam o look. Sobretudo, tende usar peças de cor única, para evitar o risco de “fazer salada”

Faça combinações criativas

O body combina com várias outras peças fitness, o que abre consideravelmente o leque de possibilidades de combinações a serem feitas. A seguir, citamos algumas dicas bem interessantes para você adotar.

Shortinho

Um visual simples, que já figura entre as tendências de moda há muito tempo. A junção do body com o shortinho ou bermuda básicos acaba criando um outfit minimalista super conceitual. Realmente, esta combinação é a prova de que não dá ter preconceito contra o básico.

Mais do que nunca, menos é mais!

Short saia

A ideia do short saia é contrapor um pouco a ideia do body, que é uma peça bem “grudada” ao nosso corpo. O shorts saia é mais soltinho e ajuda a garantir que o look não fique vulgar. Logo, a ideia é que ele seja mais discreto mesmo.

Muita gente adora fazer essa combinação porque ela lembra bastante a figura clássica das líderes de torcida que vemos frequentemente na indústria do entretenimento.

Moletom

Longe de ser um modelo batido, o moletom segue sendo uma opção sensata para ir à academia. Uma peça extremamente confortável, o moletom confere um visual bem mais despojado e elaborado, adicionando riqueza à composição do look.

Cuidados 

Algumas pessoas ficam em dúvida sobre como tratar o body, pois ele parece ser uma peça mais sensível que as demais, o que pode levantar a dúvida sobre o tratamento que ela exige.

Na verdade, o body pode obedecer normalmente à regra das peças fitness, isto é, deve ser lavado uma vez a cada uso. 

Extrapole a academia

O estilo e a beleza do body o tornam uma roupa apropriada em outros momentos para além da academia e da hora de malhar. Devido à sua semelhança com um maiô, por exemplo, muitas pessoas exploram seu potencial para ser usado na praia.

Quando surgiu, o body vinha em cores neon e bem lisinho, sem muita informação. Contudo, conforme ele foi ganhando relevância, o trabalho artístico ficou mais elaborado. Assim, hoje temos várias peças muito ricas em detalhes. São várias estampas e cores para criar uma diversidade muito sofisticada.

Para quem gosta de roupas multivalentes, o body é um queridinho. Claro, não se adequa ao falarmos de eventos e ocasiões mais formais. Entretanto, se a ideia é malhar e depois ir ao mercado comprar os ingredientes da sua receita fit, por exemplo, pode escolher o body sem medo.

Invista em combinações casuais para valorizar o look, não apenas quando for malhar, mas até para momentos mais tranquilos e pessoais de descontração. Fazer isto dá muito mais brilho para as nossas peças e para a forma como as combinamos.

Agora é só escolher o body certo, seguindo nossas dicas, e caprichar na montagem do look. Pronta para arrasar? Lembre-se de deixar um comentário com suas impressões, dúvidas e sugestões para o nosso post!

Anterior

Uma lista essencial do que não pode faltar na sua ida à academia!

Guia definitivo para usar legging sem errar!

Próximo

Deixe um comentário